NOVA GERAÇÃO DE MOTORES FPT EURO VI É APRESENTADA NA FENATRAN 2022

  • 10-NOV-2022

  • 10 de novembro de 2022

ASSINAR RSS FEED

XML

Na vanguarda de tecnologias em emissões, FPT Industrial destaca protagonismo do diesel e aumento da eficiência dos motores a combustão, para atingir metas de CO2

Injeção Common Rail, Turbocompressor de Geometria Variável e sistema de pós-tratamento HI-eSCR agregam inovações da marca

10 de novembro de 2022

Primeiro fabricante a homologar um motor para a fase P8 do Programa de Controle de Emissões Veiculares (PROCONVE), com o FPT F1C, a FPT Industrial está na vanguarda de tecnologias em emissões. A marca apresenta na Fenatran 2022 seus novos motores para o Euro VI destacando o protagonismo do diesel e o aumento da eficiência dos motores a combustão, para atingir as metas de CO2 das frotas, a curto e médio prazo.

A nova geração FPT Euro VI das Séries F1, NEF e Cursor agrega ainda mais eficiência e desempenho, com injeção eletrônica Common Rail de última geração e Turbocompressor de Geometria Variável (VGT), mais robustez e economia, com soluções como o sistema de pós-tratamento HI-eSCR, com consequentes intervalos de manutenção ampliados e TCO otimizados em todas as aplicações.

O protagonismo do diesel no mercado brasileiro é traduzido em números: 5º maior país do mundo em extensão territorial, o Brasil tem 64,9% do modal de transporte no segmento rodoviário; este modal, por sua vez, representa 97% do consumo de diesel no país.

FPT F1C: MAIOR VIDA ÚTIL, MENOR CONSUMO, MAIS EFICIÊNCIA

O público da Fenatran poderá ver de perto no estande da marca o FPT F1C Euro VI, motor que acelera o IVECO Daily e o Volkswagen Delivery Express+. A nova geração do propulsor evoluiu em torque em baixas rotações, com consumo de combustível até 6% inferior, além de apresentar intervalo de revisões ampliado, de até 30 mil quilômetros.

Best in class da categoria, a Série F1 é resultado da experiência de mais de quatro décadas da FPT Industrial no segmento de veículos comerciais leves, representando cerca de 40% da produção da marca. Estes motores são líderes em densidade de potência e torque, com a resposta de torque em regimes transitórios mais rápida da categoria.

Com injeção eletrônica Common Rail de última geração, o motor 3,0 litros de 156 cv a 180 cv de potência, conforme a aplicação, recebeu bomba de combustível com maior durabilidade e vida útil; injetores tipo solenoide, com gerenciamento de múltiplas injeções e maior precisão com volume de diesel; e nova central de controle eletrônica, com capacidade de processamento de dados superior, otimização do controle de injeção de combustível e proteção do motor.

Como parte das inovações, seu desempenho termodinâmico foi otimizado graças aos avançados sistemas de alimentação do ar, com turbocompressores VGT de geometria variável controlados eletronicamente, que proporcionam mais torque em baixas rotações e respostas rápidas em retomadas.

O desenvolvimento para o Brasil considerou a adequação do diesel do país, tecnologias e condições de rodagem, com solução de pós-tratamento combinada SCR (redução catalítica seletiva)/EGR (recirculação de gases de escape), proporcionando o melhor desempenho e consumo conforme o ambiente de operação. Nas missões urbanas, de menor velocidade e baixas temperaturas de escape, o motor prioriza o uso do EGR. Em missões extraurbanas o SCR é acionado, podendo ambas as soluções funcionarem de maneira combinada.

Baixos consumo de combustível e custos operacionais são primazias do F1C Euro VI, que pode alcançar mais de 3.500 km com um tanque de Arla 32.

“O FPT F1C Euro VI é o melhor motor da classe em potência e torque, com baixo consumo de combustível e baixo custo operacional. Somado a estas qualidades, disponibiliza máxima eficiência e mínimo consumo de óleo, com maiores intervalos de manutenção”, afirma o especialista de Marketing Produto da FPT Industrial, Edinilson Almeida.

FPT N67: MELHOR CONTROLE E EFICIÊNCIA EM DIRIGIBILIDADE E CONSUMO

Para o IVECO Tector, o motor FPT N67, solução mais compacta e econômica da classe, ficou ainda mais potente, econômico e tecnológico com a chegada do Euro VI.

A confiabilidade da Série NEF, do qual ele faz parte, é comprovada por mais de 2 milhões de unidades produzidas desde 2001, utilizadas em mais de 1.800 aplicações ao redor do mundo.

O FPT N67 Euro VI traz a exclusiva solução em pós-tratamento HI-eSCR patenteada pela FPT Industrial. Uma nova calibração entrega melhores controles e eficiência em dirigibilidade e consumo do motor, além do freio motor. A arquitetura sem EGR garante a máxima eficiência de combustão, com significativa redução do consumo de combustível e maior desempenho.

Com potência de até 320 cv, um ganho adicional de 20 cv, torque de até 1.100 Nm, eficiência de combustível e a melhor confiabilidade da categoria, o FPT N67 Euro VI ficou ainda melhor.

Com 98% de eficiência de conversão de NOx sem precisar de EGR, a solução de pós-tratamento HI-eSCR se destaca pela simplicidade e economia (sem regeneração ativa). Além disso, é compacta, apresentando o mesmo tamanho para veículos de médio e grande porte. Sua confiabilidade é atestada por mais de 650.000 motores em operação ao redor de todo o mundo.

“O motor FPT N67 Euro VI proporciona alto torque, potência e menores intervalos de manutenção. São atributos que resultam em maior produtividade”, explica Almeida.

FPT CURSOR 13: MAIS POTÊNCIA E TORQUE, COM CONSUMO ATÉ 15% INFERIOR

O novo IVECO S-Way apresentado na Fenatran é equipado com o motor FPT Cursor 13 Euro VI, que oferece mais potência e torque em baixas rotações, resultando em maior produtividade, redução das emissões e consumo de combustível até 15% inferior. A redução no consumo foi alcançada graças a calibração do motor com a nova transmissão do pesado, desenvolvida com 18 novas funções de calibração para o modo de condução, entre elas a EcoRoll, quando a transmissão assume a condição Neutro para permitir maior rolagem do veículo; PreVision, em associação ao GPS permite a melhor escolha de troca de marchas, e a Rocking Mode, que auxilia nas partidas em condições severas. 

Conhecidos das estradas, os motores da Série Cursor são a solução ideal para os caminhões destinados para usos pesados e longas distâncias, com PBT acima de 31 toneladas.

O FPT Cursor 13 Euro VI apresentado no estande da IVECO na Fenatran também vem com a tecnologia HI-eSCR. Com nova calibração, reúne maior agilidade e alta confiabilidade para missões de transporte de cargas.

Disponível em configurações de potência de 480 cv com 2450 Nm e 540 cv com 2550 Nm, o motor de 12,9 litros do IVECO S-Way recebeu importantes atualizações, como hardware de última geração, com integração de novos componentes internos como pistões de aço; cabeçote em HTS, com alta capacidade de dissipação de calor, reduzindo riscos de trinca, e menor quantidade de peças móveis, facilitando a sua manutenção. A calibração para o mercado e o combustível brasileiro apresenta ainda uma nova central eletrônica.

O FPT Cursor 13 Euro VI do S-Way também apresenta uma nova estratégia de funcionamento do freio motor com quatro estágios, o que traz um grande benefício para o veículo: além de maior segurança na frenagem, é um item de destaque perante os concorrentes. A potência máxima do freio motor no 4º estágio é de 610 cv, um ganho de 150 cv em relação aos veículos Euro V.

“Todos estes atributos reúnem performance, agilidade, economia, produtividade e confiabilidade para quem dirige o caminhão”, afirma Almeida.

DESENVOLVIMENTO PARA O EURO VI

O desenvolvimento de motores FPT para o PROCONVE P8/Euro VI considerou simulações virtuais e computadorizadas, montagem de protótipos, testes em banco de provas, em campo e análises de fluídos, com o suporte dos times de P&D do Brasil e Europa. Ao todo os testes com os motores das séries F1, NEF e Cursor totalizaram 30 mil horas de dinamômetro e 120 mil horas de engenharia.

Em comparação ao PROCONVE P7, nível de emissões em vigor, o P8 traz significativas reduções de emissões: +70% de redução de HC (hidrocarbonetos não queimados); +50% redução de MP (material particulado) e +80% de redução de NOx (óxidos de nitrogênio).

De acordo com o ciclo de homologação de caminhões pesados, os motores Euro VI são cerca de 60 vezes mais limpos que os Euro I.

“Com o Euro VI alcançamos um produto tecnologicamente equivalente ao de mercados mais avançados nas legislações de emissões como o europeu. Evolui não só a tecnologia, como também a aplicação, proporcionando maior visibilidade aos produtos brasileiros no exterior”, destaca o diretor de Engenharia da FPT Industrial, Alexandre Xavier. “O desenvolvimento confirma nosso compromisso em fornecer soluções inovadoras e competitivas para nossos clientes”.

FPT Industrial é uma marca do Iveco Group (IVG: MI) dedicada a projetar, fabricar e comercializar sistemas de propulsão e soluções para veículos on-road e off-road, bem como aplicações marítimas e de geração de energia. A empresa emprega mais de 8.000 pessoas em 11 plantas de produção industrial e 11 centros de P&D ao redor do mundo. Ativa em quase 100 países, sua rede global de vendas e seu departamento de assistência ao cliente dão apoio a todos os clientes da marca. A ampla oferta de produtos inclui seis linhas de motores, com potência de 42 CV até mais de 1.000 CV, transmissões com torques de até 500 Nm e eixos dianteiros e traseiros com peso bruto por eixo de 2,45 a 32 toneladas. A FPT Industrial oferece a mais completa linha de motores a gás natural disponível no mercado para aplicações industriais, com potência de 50 CV a 520 CV. A exclusiva divisão ePowertrain está acelerando o caminho na direção da mobilidade com emissões líquidas zero, transmissões elétricas, pacotes de baterias e sistemas de gerenciamento de baterias. Essa vasta oferta e um forte foco em atividades de P&D fazem da FPT Industrial líder mundial em powertrains industriais e soluções. Para mais informações, visite: www.fptindustrial.com.