FPT INDUSTRIAL INOVA COM GERADOR MOVIDO A GÁS E BIOMETANO E BIODIESEL DE MACAÚBA

  • 02-AGO-2019

  • Betim

ASSINAR RSS FEED

XML

Novos combustíveis para o segmento de geração de energia e projeto de motor agrícola, aliados ao aumento da eficiência da unidade de Sete Lagoas (MG), colocaram a marca à frente nos segmentos em que atua

Projetos e ações contribuíram para a CNH Industrial ser eleita uma das empresas mais inovadoras do país, pelo segundo ano consecutivo

Betim, 2 de agosto de 2019

Para a FPT Industrial, marca de motores, eixos, transmissões e geradores de energia da CNH Industrial, criar não significa apenas pensar em um algo novo. Muitas vezes o conceito pode estar presente na atualização de um produto, suas diferentes aplicações ou no modo como é produzido. Esse espírito de constante inovação é refletido no inédito gerador de energia movido a Biometano, Gás Natural Comprimido e Gás Liquefeito de Petróleo, no projeto de Biodiesel de Macaúba e nas atualizações na fábrica de Sete Lagoas (MG).

Apresentado na Agrishow 2019, o gerador GENEF160B BIO movido a Biometano, Gás Natural Comprimido (CNG) e Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) simboliza a transformação energética em operações como fazendas e aterros sanitários, possibilitando independência na geração de energia e de combustível renovável. Equipado com o motor FPT N60, ele se difere dos geradores movidos a diesel pelo sistema de injeção, que utiliza a tecnologia estequiométrica multiponto, otimizando a combustão e permitindo um menor consumo de combustível associado a uma performance estável e otimizada para a geração de energia. Entre as principais vantagens, está a possibilidade de operação com o Biometano, fonte renovável de combustível que propicia menor custo de operação. Além disso, é um equipamento mais silencioso e com menores emissões de CO2 e poluentes.

“A geração de energia a gás tornou-se uma opção extremamente vantajosa para produtores que investem alto em tecnologias sustentáveis para aumentar a produtividade e reduzir os custos de operação”, afirma o especialista de Marketing Produto da FPT Industrial, André Faria.

Projeto realizado pelo Technical Center de Betim (MG), o Biodiesel de Macaúba obteve desempenho e consumo equiparáveis com o diesel comercial brasileiro, com tendência de reduções nas emissões de monóxido de carbono (CO) e de material particulado (MP). Os testes realizados com o motor FPT N67 MAR-I/Tier 3 de tratores agrícolas, utilizaram misturas de 10% e 20% de Biodiesel de Macaúba em diesel fóssil. Para o futuro também estão previstos testes em caminhões e ônibus, além de geradores de energia. Como matéria prima, foi utilizado o óleo de macaúba extraído de uma cooperativa de produtores rurais. Na sequência, o biodiesel foi produzido em uma usina experimental por meio da transesterificação – reação química para a obtenção do biodiesel –, sendo depois testado no motor, em laboratório.

“O Biodiesel de Macaúba proporciona combustão mais completa, com tendência de redução das emissões em comparação com o diesel tipo B comercial. Em função do menor teor de ácidos graxos poli insaturados, tem maior resistência à oxidação que o biodiesel de soja, o que corresponde a menores impactos sobre o sistema de injeção de combustível do motor”, afirma o engenheiro da FPT Industrial e coordenador do projeto, Gustavo Teixeira.

Ações implementadas na fábrica da FPT Industrial envolveram o reposicionamento de estações de trabalho nas linhas de produção, com as melhores práticas ergonômicas, a digitalização do Compass Room, projeto piloto na América do Sul que integra diferentes áreas em ambiente 100% digital, e o sequenciamento digital de kits de peças utilizados na montagem dos motores. Tudo isso contribuiu para a redução de desperdícios, com foco na segurança, conforto, ambientes digitais e intuitivos para os colaboradores. Certificada desde 2016 com o nível prata do World Class Manufacturing (WCM) da CNH Industrial, a unidade produz os motores das famílias F1A, F1C, NEF e S8000, aplicados em veículos on-road, no transporte de cargas e passageiros, off-road, na agricultura e construção, e geradores de energia.

“Nosso objetivo é propiciar a melhor experiência de manufatura para os colaboradores, visitantes e clientes. Aplicamos as melhores práticas criando ambientes de trabalho cada vez mais produtivos e seguros. Entendemos que assim conseguiremos atingir a meta do nível ouro do WCM”, afirma o gerente de Operações da fábrica da FPT Industrial, Mario Coriale.

PRÊMIO VALOR INOVAÇÃO BRASIL

Os recentes projetos e ações desenvolvidos pela FPT Industrial contribuíram para a CNH Industrial ser eleita uma das empresas mais inovadoras do Brasil pelo segundo ano consecutivo, no Prêmio Valor Inovação Brasil 2019. A pesquisa desenvolvida pelo jornal Valor Econômico, em parceria com a Strategy&, consultoria estratégica do Network PwC, colocou a empresa em 1º lugar no setor Automotivo e Veículos de Grande Porte. A CNH Industrial também apareceu pela primeira vez entre as 10 mais inovadoras do país.